Roupeiro sob medida: 7 dicas para organizar bem os espaços internos

Além de possuir uma boa aparência, o roupeiro sob medida é uma opção muito funcional. Confira o que você precisa saber antes de projetar o seu!

O roupeiro é uma das peças mais importantes em um quarto, afinal, nele serão abrigados a maioria de seus pertences, como roupas, calçados, cosméticos, jóias, entre outros. Isso induz alguns questionamentos, como: quanto espaço tenho disponível para o roupeiro sob medida? Como dividi-lo aproveitando ao máximo?

Vamos com calma! Essas dúvidas são muito comuns, mas não são difíceis de resolver. Continue a leitura desse texto e conheça a melhor maneira de organizar o seu roupeiro, exatamente no espaço que você tem disponível!

Relembrando: o que são móveis planejados?

Móveis planejados são peças que se encaixam entre si e no ambiente em que estão inseridas. Eles são moldados conforme a sua necessidade, fazendo com que o móvel se adapte a você e ao ambiente, e não o contrário, como é o caso dos móveis modulados. A seguir, conheça as melhores alternativas para planejar um seu roupeiro sob medida.

1. Espaço disponível

O espaço que você tem para montar o roupeiro é: grande ou pequeno? Vai estar em apenas uma parede ou no canto? Haverá algum compartimento sobre a cama? Essas são as primeiras perguntas que você precisa fazer para si mesmo. Tendo uma noção plena de até onde você pode chegar fica muito mais fácil fazer uma projeção do móvel.

Se o seu espaço é menor, por exemplo, prefira portas de correr, com um puxador de sobreposição e a cada pequeno espaço sobrando, faça uma nova repartição para abrigar mais pertences. Por exemplo: embaixo do cabideiro é possível inserir gavetas ou novos compartimentos.

Em um espaço maior é possível optar por uma porta diferente, podendo inserir modelos mais variados de puxadores, mais profundidade em cada compartimento e cabideiros mais altos e alongados.

2. Material do roupeiro

Mais uma vantagem em optar por um roupeiro sob medida é a opção de escolher o material que ele será fabricado. É possível escolher entre madeira maciça, MDF (naval ou comum), MDP, entre outros. Entenda como são os principais materiais utilizados para produzir guarda-roupas:

  • MDF: o MDF (painel de fibra de densidade média) é um material muito resistente e indicado principalmente para a parte externa do roupeiro sob medida. Ele é encontrado no tipo naval ou comum. O naval possui uma coloração esverdeada em seu interior, que o torna mais resistente a umidade e calor. Entretanto, ambos possuem a mesma resistência e uma estrutura completamente confiável.
  • MDP: O MDP (painel de partícula de média densidade) é semelhante ao MDF, mas é menos maleável, portanto é mais indicado para projetos de linhas retas e principalmente para a parte interna do roupeiro sob medida.
  • Madeira maciça: é o mais forte e menos maleável entre os materiais disponíveis. Por possuir uma resistência e durabilidade maior, costuma ter um preço um pouco elevado, mas para quem gosta de sua aparência, vale a pena.

Há ainda uma variedade de estilo de roupeiros. Confira as características específicas de cada um:

  • Closet: o closet é indicado para quem possui um espaço amplo disponível. Normalmente fica em uma pequena sala, uma subdivisão dentro do próprio quarto. Ele pode ser instalado em um único lado da parede, ou rodear a sala onde está inserido.
  • Roupeiro integrado: esse roupeiro costuma ocupar um espaço do chão até o teto, aproveitando mais a altura do quarto, e consequentemente necessitando de menos espaço em sua largura. Ele pode se estender por parte de uma parede, ou então por duas paredes, contando o canto que as une e ainda ser integrado nos arredores de outros móveis, como é o caso dos roupeiros que se estendem até a parte de cima da cama.
  • Peça avulsa: o que muda desse modelo para o mencionado anteriormente vai ser que ele não será preso na parede ou em outro móvel. Ele será montado normalmente, de maneira livre, possibilitando arrastá-lo quando necessário.

3. Quem vai usar?

Você também precisa levar em consideração se o roupeiro sob medida será para uso individual ou se será compartilhado. É necessário pensar em quantas pessoas irão utilizar e se haverá espaço para todos os utensílios armazenados.

Nesse sentido, é importante que se estabeleça uma divisão dos espaços, podendo ser feita já na projeção do móvel. Por isso, deve ser definida a região que cada um irá ocupar, fazendo uma repartição personalizada dos compartimentos.

4. O que você vai guardar nele?

É necessário pensar no que será guardado no seu roupeiro sob medida, para separar os utensílios por categorias, colocando nos cabides o que precisa ser pendurado, como vestidos, casacos ou camisas e nos compartimentos o que deve ser dobrado, como camisetas, calças ou moletons.

Além de roupas, também há a opção de armazenar outros utensílios, como calçados, acessórios, cobertores, cosméticos e afins. Você pode escolher as divisões de acordo com suas preferências, no entanto, o espaço mais indicado para os sapatos é na parte de baixo, enquanto para os cobertores na parte de cima, as roupas ao longo do móvel e os demais acessórios na lateral ou em um compartimento ao centro.

5. Divisões do roupeiro sob medida

Depois de saber as respostas dos itens anteriores, você terá uma ideia mais clara de como devem ser os espaços internos. Agora você precisa dividir os espaços: a sugestão é que você comece com um esboço do roupeiro sob medida, pois isso irá ajudar a visualizar melhor.

Tendo em mente quais serão as roupas e objetos que você vai guardar, defina os seguintes tamanhos:

  • Do roupeiro sob medida;
  • Das gavetas;
  • Dos espaços internos.

Defina também quais serão os materiais complementares. Entre eles podemos encontrar:

  • Cabides;
  • Caixas organizadoras;
  • Prateleira;
  • Nichos;
  • Calceiro.

6. Pense nos detalhes

Por último, mas não menos importante, você deve pensar nos detalhes, que é a parte de finalização e design do roupeiro sob medida. Entre eles, podemos destacar os espelhos, puxadores, iluminação (natural ou luz interna artificial), cor (pintura, papel de parede ou textura). Essa parte vai depender da funcionalidade que você procura e do seu gosto pessoal.

7. Modelos de roupeiros sob medida

Chegou a hora de se inspirar. Confira alguns modelos de roupeiros de tamanhos variados para definir quais lhe agradam!

Roupeiro sob medida: 7 dicas para organizar bem os espaços internos

Roupeiro sob medida: 7 dicas para organizar bem os espaços internos

Que tal uma ajudinha para não errar na cozinha sob medida? Confira essas 5 dicas!

Pensando em montar o seu roupeiro sob medida? O Núcleo Home pode lhe ajudar, saiba mais clicando aqui.