Divisória de gesso: em que casos ela é utilizada nos projetos?

A divisória de gesso pode ser utilizada em diferentes lugares. Você sabe quais são? Descubra agora e conheça ainda as suas vantagens. Acompanhe!

Usar divisória de gesso deixou de ser privilégio de escritórios ou centros comercias. Proprietários de casas e apartamentos também se renderam às funcionalidades e beleza do material. Atualmente, elas são construídas com drywall, a montagem é feita com perfil galvanizado e o fechamento com as placas de drywall.

De rápida e prática instalação, a divisória de gesso possibilita o melhor aproveitamento de áreas úteis ao ambiente, afinal, a espessura é consideravelmente menor do que as paredes de alvenaria.

Já está imaginando os lugares em que esse tipo de parede poderia ser utilizado? Continue lendo e confirme quais são os melhores casos para isso e as suas vantagens.

O que é drywall

Antes de partirmos para os casos em que a divisória de gesso pode ser utilizada, uma breve explicação do que é drywall, citado no início do post: o drywall (ou gesso acartonado) é uma placa formada por gesso e papel cartão. Essas placas podem ser divididas, inclusive, de acordo com o projeto e o fornecedor.

Vantagens da divisória de gesso

Sempre que há indicação de um produto, deve-se analisar quais são as suas vantagens. É o que você vai conhecer a seguir, sobre a utilização da divisória de gesso:

  • O acabamento fica perfeito: com uma superfície lisinha e sem emendas, o acabamento da divisória de gesso fica excelente;
  • Aceita outros tipos de revestimentos: se quiser incluir outros tipos de revestimentos, como tinta, tecido, pastilhas de vidro ou mesmo cerâmica, fique à vontade;
  • Rapidez na obra: a facilidade de aplicação do drywall garante uma obra rápida e tranquila;
  • Menos sujeira: ao utilizar o gesso do tipo acartonado, a obra causará pouca sujeira. O material produz poucos resíduos, quase não há descarte de material e a umidade não existe;
  • Mais leve: a estrutura é bem mais leve do que outros tipos de materiais;
  • Permite isolantes: em projetos de gesso acartonado, você pode optar por colocar isolantes acústicos e/ou térmicos em seu interior;
  • Resistência ao fogo: o gesso em si já é mais resistente ao fogo. Pelo peso do material ser composto 20% de água, o drywall reduz ainda mais a propagação de chamas;
  • Projetos luminotécnicos: essa é para quem curte projetos luminotécnicos. O gesso acartonado fica maravilhoso em projetos luminotécnicos e iluminação embutida de bom gosto;
  • Versatilidade: pode ser reto, cortado em curvas, ter efeitos e ainda aceita vários revestimentos. Adapta-se ao aço, concreto ou madeira;
  • Econômico: uma divisória de gesso feita de drywall pode ser até 10% mais barata do que alvenarias convencionais.

Em que casos a divisória de gesso é utilizada

Como falamos, o gesso em drywall é bem versátil e suas placas permitem diversas aplicações. Portanto, em qualquer ambiente livre de vazamentos. Veja sugestões de lugares em que a divisória de gesso é recomendada e as cores que você pode usar:

  • Branco: salas de estar e jantar, hall de entrada, corredores, dormitórios e outras áreas secas;
  • Rosa: saídas de emergência e escadas enclausuradas;
  • Verde: em ambientes úmidos, como o banheiro, lavabo, cozinha e área de serviço.

Então, utilizar divisória de gesso é permitido em praticamente todos os ambientes secos da casa, apartamento, escritório ou centros comerciais. Se é necessário dividir um ambiente, essa é uma excelente escolha.

 

Agora que você sabe que pode usar a divisória de gesso em quase tudo, encontre excelência em acabamentos, segurança e o bom gosto das decorações em gesso na Gessarte – Gesso e Arte. A empresa, associada ao Núcleo Home, prioriza a perfeição em todas as suas obras. Conheça aqui!